Uma Parábola Moderna

Entre as muitas lições que nos foram deixadas por Jesus, uma em particular me volta frequentemente à lembrança.

Trata-se da parábola que conta de um homem que, saindo de viagem, chama seus três servos e dá a cada um algumas moedas de ouro. Ao primeiro dá dez moedas, a outro cinco e ao último, apenas uma. Algum tempo depois, volta de sua jornada e reuni novamente seus servos. O primeiro, a quem havia dado muito, trabalhou com afinco e dobrou as riquezas que lhe haviam sido confiadas. O segundo, seguindo o exemplo do primeiro, também foi diligente e fez render suas cinco moedas de ouro. Já o último, sob a desculpa de ter recebido pouco, nada fez com a sua parte.

É fácil concluir com qual servo o senhor ficou mais satisfeito. Ou com qual ele ficou insatisfeito.

Mas e se aplicarmos essa parábola aos dias de hoje? Quais são os servidores – ou agentes públicos – que recebem o maior voto de confiança? E o que fazem esses servidores com o que receberam? Precisamos lembrar que, nossa responsabilidade é proporcional à confiança que nos é conferida. Nosso país, mais do que nunca, precisa de cidadãos e políticos que se importem mais com honra do que com vantagens individuais. Mais com servir do que com ganho pessoal.

Nossos representantes, que recebem não só nosso voto de confiança, mas também os recursos necessários à concretização da vontade da população, precisam estar cientes dessa responsabilidade. E nós, cidadãos, da importância de cobrarmos e vigiarmos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: